.mais sobre o GFACR

.pesquisar

 

.Setembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Batata Quente - Bernardo ...

. Corridas Com Cheiro a Sam...

. Batata Quente - Alberto C...

. Batata Quente -César Nova...

. Batata Quente - Bernardo ...

. Batata Quente - Luís Palh...

. Batata Quente - Tiago Rib...

. Batata Quente - Francisco...

. Batata Quente - Francisco...

. Batata Quente - Guilherme...

.arquivos

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Novembro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds

Quinta-feira, 29 de Dezembro de 2005

Batata Quente - Marco Cruz

Meus queridos amigos

É com enorme satisfação que recebo a Batata Quente do meu amigo Daniel.


O principio...


Em 1999, ano em que entrei para o grupo, fiz um treino em Vale Canada, treino esse, que sinceramente, não significou muito para mim, pois o nosso antigo Cabo Vasco Morgado só me deu uma terceira, e por isso não me entusiasmei...no entanto, não desisti de acompanhar o grupo em algumas corridas. Durante esse tempo tive oportunidade de conversar e conhecer algumas pessoas, e que hoje o devo a elas de estar neste grupo. Bebemos muitos copos e conversamos muito sobre o que é ser forcado, e ser forcado, é sem duvida, ser amigo, preocuparmo-nos com os outros dentro e fora de praça. Passada esta época, comecei a ir aos treinos e comecei a fardar-me na época seguinte (2000) e aí senti realmente o que é ser forcado e é com enorme orgulho que o sou actualmente. A todos, muito obrigado.


Lesões


Este ano para mim e para tantos outros, infelizmente, foi um ano de lesões. Começamos mal, começando por mim, o que não me permitiu acompanhar o grupo dentro de praça o resto da temporada; custou-me não poder sentir a forma que nós nos sentimos mais forcados.


A todos os que se magoaram, um grande abraço e as rápidas melhoras.


Época passada


A época passada não foi uma época normal para o G.F.A.C.R., pois houve inúmeras lesões nas corridas (principalmente) e nos treinos. Apesar dos toiros terem sido todos pegados, como não podia deixar de ser, as coisas não correram como nós queríamos porque para correrem como nós queríamos pegávamos tudo à primeira e ninguém se magoava. Houve também corridas, e sérias, que o grupo ao fim de tantos forcados lesionados se comportou de uma forma adulta, coesa, experiente, e valente.


A esta época não posso deixar de fazer referência a alguns forcados, como o Fred que mais uma vez deu uma lição de valentia e de amor que tem ao grupo, dando uma ajuda fundamental devido ao mau momento que o grupo atravessava. O Cid que este ano mostrou que é um grande forcado ( e obrigado amigo por me teres protegido do toiro na Benedita). O Tiago Ribeiro que mostrou que tem muita vontade e muita valentia em alguns momentos. O Salvador que teve oportunidade de ajudar em algumas corridas e esteve bem em pedir uma primeira ao Francisco. E ao Tó, os meus parabéns por ter pegado um toiro a sério.


A todos os que se fardaram esta época os meus parabéns e que a rapaziada nova siga o exemplo de todos eles.


Aos Amigos...


Ser forcado no Grupo de Forcados Amadores das Caldas da Rainha é único.


Para nós nos conseguirmos pôr à frente daquele animal não basta só termos coragem, temos de ter também muita amizade uns para com os outros e essa amizade ganha-se com actos, conversas e como é lógico também com desentendimentos e para isso precisamos de estar juntos.


Para vos dar o meu exemplo e provavelmente de todos, só consegui voltar ao grupo depois da primeira lesão devido ao apoio de vocês todos, foi pena ter-me lesionado novamente e espero para o ano se Deus quiser (haja coragem) voltar para junto de vocês que é o sítio onde eu quero estar.


E a próxima batatinha vai para o meu padrinho, Pedro (Diamante) Carvalho.


Por fim quero desejar um óptimo Ano Novo a vocês todos, família e leitores deste blog.


Um grande abraço e muitas felicidades meus amigos


E pelo Grupo de Forcados Amadores das Caldas da Rainha Venha Vinho, Venha Vinho, Venha Vinho.


Marco

publicado por cid às 13:07

link do post | comentar | favorito
|
9 comentários:
De Nuno Morgado a 1 de Janeiro de 2006 às 23:10

Grande Marco,

É exactamente com os apoios de todos os amigos que se superam os momentos difíceis. Essa é uma das razões de ser de um Grupo de forcados como tu muito bem mencionas. Faço votos para que fiques a 100% de modo a que possamos voltar a ver-te fardado na próxima temporada. Um grande abraço e um excelente ano de 2006.
Nuno Morgado
De Nuno Morgado a 1 de Janeiro de 2006 às 23:10

Grande Marco,

É exactamente com os apoios de todos os amigos que se superam os momentos difíceis. Essa é uma das razões de ser de um Grupo de forcados como tu muito bem mencionas. Faço votos para que fiques a 100% de modo a que possamos voltar a ver-te fardado na próxima temporada. Um grande abraço e um excelente ano de 2006.
Nuno Morgado
De francisco a 31 de Dezembro de 2005 às 17:58
Grande Marco, és um grande forcado e um grande padrinho.Acho o que tu escreves-te tem muita honostidade. Eu desejo muito que melhores, não para 500% mas sim 1000%,porque tu mereces isto e muito mais!! Eu sei que tiveste uma temporeda dificil, mas o pior ja passou, por isso para o ano irás diverti-te há bruta!!! Desajo para ti e para a tua familia um grande ano de 2006 mas, sem lesões e muita saúde. Um grande abraço.
De Daniel Pedro a 30 de Dezembro de 2005 às 10:39
Inspector Marco, és um grande FORCADO e isso ficou mais uma vez patente na humildade e honestidade com que escreveste este texto. Tens tido a par de outros muitas lesões e como o fred disse, só aconteceu porque de facto estiveste lá e bem! Espero sinceramente que recuperes a 1000% porque mereces mais que tudo ter uma temporada sem complicações e divertir-te à bruta!!! Desejo para ti e para toda a tua família um fantástico ano de 2006 sem lesões e com muita saúde e sucessos. Grande abraço
De Frederico Casimiro a 30 de Dezembro de 2005 às 02:33
Grande Marco, cada vez que leio os textos que vão sendo escritos sinto uma grande satisfação e orgulho por pertencer a este grupo de forcados e amigos. Em relação as tuas lesões vou dizer algo que deves estar farto de ouvir mas que é uma grande verdade: só se aleija quem se mete a frente e isso fizeste-o mais uma vez com muita valentia e por isso é que podes dizer de peito feito que és FORCADO DO GRUPO DAS CALDAS.
Um grande abraço e um bom ano para ti e para os teus.
De Nuno Vinhais a 29 de Dezembro de 2005 às 21:53
Zé Marco, a tua simplicidade e genuinidade estão latentes no teu texto e é essa a maneira de estar humilde de um elemento do GFACR. És um valente e desejo-te a melhor das recuperações (que eu sei que está quase). É um prazer enorme ter-te ao nosso lado, dentro e fora de praça!
Grande abraço para ti
De Francisco Calado a 29 de Dezembro de 2005 às 19:43
Bom texto Marco, mas acho que não tens que te preocupar com a tua volta aos treinos e às corridas, embora seja uma decisão pessoal, aquilo que tens dentro de ti e o amor que sentes pelo GFACR e pelos teus Amigos, vão com certeza falar mais alto e ajudar-te a tomar a decisão que já todos conhecemos! Aproveito para te desejar um óptimo ano a todos os níveis pessoais e para o ano cá estamos todos outra vez!!!!!!!!!!! Um grande abraço
De Pedro Carvalho a 29 de Dezembro de 2005 às 15:16
Grande Afilhado, não esperava outra coisa de ti se não um bom texto como o que acabei de ler. Sei bem o que doi, ter de passar uma temporada a ver toiros na barreira (já lá vão duas), mas temos uma época há porta para começar-mos a bombar à séria. Resta-me então pôr mãos à obra para manter ou elevar o nivel da fasquia. Um Grande Abraço...
De Bernardo Alonso a 29 de Dezembro de 2005 às 14:47
GRANDE Marco, o teu texto é mais um belo testemunho do que é ser forcado no GIGANTE GFACR!!! A temporada não foi a melhor é certo, pois o azar bateu-te à porta (e cedo...)Mas tenho a certeza que a tua recuperação vai ser plena, assim sendo, tenho a certeza que vou ter o prazer e a honra de me divertir novamente dentro de praça contigo. Um grande abraço Ps: Diamante agora é contigo...

Comentar post