.mais sobre o GFACR

.pesquisar

 

.Setembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Batata Quente - Bernardo ...

. Corridas Com Cheiro a Sam...

. Batata Quente - Alberto C...

. Batata Quente -César Nova...

. Batata Quente - Bernardo ...

. Batata Quente - Luís Palh...

. Batata Quente - Tiago Rib...

. Batata Quente - Francisco...

. Batata Quente - Francisco...

. Batata Quente - Guilherme...

.arquivos

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Novembro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds

Segunda-feira, 24 de Agosto de 2009

Corridas Com Cheiro a Samba

Meus amigos... minha família... antes de mais nada queria pedir desculpas pelo atraso da minha batata, mas sinceramente não tenho tido criatividade para escrever tudo aquilo que me apetece. Irónico, mas verdade, já que é a criatividade que uso para ganhar a vida, mas aqui vai.

Já passou quase um ano e meio desde que decidi mudar a minha vida para São Paulo. Um ano e meio que passou a correr mas ao mesmo tempo muito devagar. Aconteceu tanta coisa que nem sei bem por onde começar. Para quem não sabe, estou a fazer uma pós-graduação em publicidade à noite e durante o dia, tento trabalhar o máximo possível para pagar o curso e tentar ter a vida digna que mereço.... ou não!!!

E é sobre essa vidazinha que vou tentar por-vos um bocadinho a par, já que as notícias têm sido escassas. São Paulo é uma cidade de 11 milhões de pessoas (a "pequena" SP, pq a "grande", conta com cerca de 23 milhões) onde tudo acontece a uma velocidade abismal e onde cada dia é vivido com uma intensidade brutal. É mais ou menos um dia de corrida, todos os dias. Todos os dias acordo de manhã, com um friozinho na barriga e penso como será que ele vai acabar: se como um grande triunfo, se como uma corrida "menos conseguida". Isto porque todos os dias tenho de conseguir trabalhar, num país onde não tenho os  meus contactos, as minhas pessoas, as minhas vivências.

Arranjar "corridas" aqui não é fácil, mas graças a Deus as coisas têm corrido bem e melhor que isso tenho tido algumas noites de glória que coroam o esforço, qual dia de corrida. A teoria é sempre a mesma: templar, carregar e recuar, p tirar a "maldade" do oponente. A brasileirada é assim... vão na arte do engano, mas vão.

Mtas coisas boas têm acontecido por aqui. A possibilidade de conviver com uma cultura completamente diferente da nossa tem sido uma experiência brutal, que me tem surpreendido. Vim para o Brasil com a ideia de que  eram um povo superficial. Em tudo. Nas relações profissionais, pessoais e até amorosas. Isto porquê? Porque sempre achei e continuo a achar que sou convidado para festas um minuto depois de conhecer o dono da mesma, que eram tudo facilidades para conhecer os melhores publicitários do mercado, porque toda a gente diz conhecer toda a gente e até levar a jantar a gata das gatas. Tudo verdade, mas falta alguma essência nas relações. E aí falo da amizade, palavra que todos sentimos com mta força no nosso Grupo. Pensei que todas as amizades aqui seriam superficiais e aí tive a surpresa de ter conhecido pessoas que sei que serão minhas amigas por muitos anos. Pois é... por muitos anos e não para a vida toda, como eu sei que é no GFACR. Tenho mais amigos que certamente me acompanharão a vida toda, mas o GFACR é a minha família e isso é para sempre.

Com isso não queria deixar aqui de fazer referência a datas muito importantes que não tenho conseguido acompanhar de perto. O casamento de Mê Óscar, à mais tempo mas não menos importantes, os casórios do Sal e do Dani e as gravidezes do Natas, Mendoça e já do Sal e espero não me esquecer de mais nenhuma. Tenho pena de não acompanhar esses dias tão importantes, mas havemos de compensar isso tudo com corridas, dias (mto bem) passados em casa do gordo Egrejas e etc.

Convites... tou farto de dizer que me venham visitar... aqui não há praia, mas também, quem é que precisa de se molhar por fora, se se pode molhar por dentro. Jone.... seu bandido da meia noite... põe-te clandestino num cargueiro qualquer, que eu vou-te buscar ao porto de Santos....

Quem quiser saber mais pormenores... lá está... venha-me visitar ou mande um mail com perguntas concretas que eu não tenho problemas em responder... aqui no blog é que não pode ser. Vou montar a crónica "O consultório do Dr. CID" AHAH AHAHAHAHHA!!!!!

Esta batata já vai longa.... por isso vou passá-la para um grande forcado que pode ser bem interessante de se ler, mas que tem muita mau feitio, o Bernardo "NINJA" Alonso.

Grande abraço a todos, espero estar com vocês em Setembro!!!


CID

publicado por osmaioresdisparates às 22:09

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quarta-feira, 5 de Agosto de 2009

Batata Quente - Alberto Carvalho Neto

Grandes Amigos,

 

Mais uma vez escrevo no nosso blog...

 

Começo por felicitar o Cesar pela primeira fardamenta, e que seja a primeira de muitas, e que consiga "beber" e "compreender" o espirito do nosso grupo, de forma a que consiga enaltecer-nos como grupo de amigos que somos, dentro e fora de praça!!!!

 

O que aprendi neste nosso grupo, é que somos um grupo de amigos que gosta de pegar toiros, mas que acima de tudo gosta de estar junto e conviver, estando para os bons e maus momentos, quer seja a frente de um toiro, quer seja numa situação mais dificil. Pois quando alguém é colhido por um toiro, sabe ( e eu sei-o, por experiencia!!:), que só estará sozinho por uma fracçao de segundos, pois os nossos companheiros estão a chegar para nos tirar de lá!!!! Da mesma forma que eu o faço quando está lá outro amigo meu!

 

O que quero dizer é que temos de nos entregar de alma e coração, pois somos Forcados Amadores, não tiramos daqui dinheiro, mas algo mais valioso: Reforçamos Amizades, Acreditamos em pleno no nosso amigo e Sentimos Orgulho em tê-lo Ajudado quando ele precisou de nos!!!!

 

Nem todos os grupos de Forcados são como o nosso , na exigencia que o nosso grupo tem pelo convivio, e pelo espirito de grupo,não basta saber pegar toiros, para pegar no nosso grupo,. há que sentir amizade pelos companheiros!!!

 

Poderia aqui enaltecer grandes forcados, que já deram o seu contributo ao grupo, bem como forcados da actualidade,forcados que fazem esforços economicos, para acompanhar e entregar-se ao trabalho de grupo.........mas, tal deixarei para um jantar de Homens!!!


Ser forcado não é para todos!!!Querer não basta!!!! Há que conseguir mostrá-lo dentro e fora de praça!

Aproveito para dizer, que é com grande emoção que aguardo a chegada do meu irmão António, para ver se este Verão conseguimos ter umas corridas os três Manos (mais o emplastro do mano Salvador hehehe) juntos!!!! E se possível pegar/ajudar todos no mesmo toiro!!! heehheheheeh

Passo esta batata bem quentinha para um jovem forcado, Francisco Azinheira, com quem tenho tido o prazer de privar em algumas conversas e verificar a sua evolução ao longo destes anos, bem como a sua dedicação ao grupo, e atitude que tem tido estes ultímos anos ao aguardar a sua oportunidade!!!

Grande abraço

 

Alberto Carvalho Neto

publicado por osmaioresdisparates às 13:45

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 2 de Agosto de 2009

Batata Quente -César Novais

 

Amigos !!!
 
È com muito prazer que escrevo pela primeira vez neste “mui nobre” blog do qual orgulho muito. Agradeço ao meu amigo Luís Palha por me dar esta oportunidade.
 
Se a um ano atrás me imaginava nesta situação … acho que não!! Embora sempre gostei de ver as touradas e cheguei a ver umas duas corridas que o Grupo fez na Póvoa a convite do Alberto, nunca senti se calhar o bichinho que a malta ai do sul tem desde pequenos, de gostar de toiros e todo o ambiente a volta.
 
Mas tudo isso foi mudando quando a um ano,o Alberto me convidou para ir acompanhar o grupo desde Julho, depois foram umas ferias ai pelas Caldas… e quando dou por ela… bem já vibrava com as corridas e comecei a ganhar a vontade de experimentar estar lá dentro. Veio o primeiro treino em A-dos-cunhados (Brito-pais), mais umas corridas, o espírito de amizade e ficou a vontade de entrar no grupo.
 
Agradeço a toda a gente do grupo a forma como me acolheu, pois não tinham nenhuma referencia… era um amigo do Alberto de Barcelos. Foi essa forma como me acolheram como brincavam comigo, que fez querer ir para as caldas para poder estar com o grupo.
 
No passado dia 25 foi-me dada a oportunidade de entrar realmente para o grupo e usar a nobre jaqueta do Grupo das Caldas, foi uma sensação que nunca mais vou esquecer…
Senti um enorme peso nos meus ombros, porque não queria deixar ficar mal os meus amigos e o grupo… fiz tudo que sabia e senti-me bem estar em praça… sei que ainda sou muito novo nestas andanças… mas quero aprender e vou lutar por isso.
 
Vinhais, obrigado por esta oportunidade, espero que seja a primeira de muitas!!! Para isso prometo não baixar os braços e espero estar sempre a altura das necessidades do grupo!!! Quero aprender muito e quero melhorar muito… porque sinto que tenho muito que aprender com os mais velhos…
 
Agora passado um ano, não tenho duvidas e quero pertencer a este “mui nobre” grupo de amigos que é o grupo forcados amadores das caldas da Rainha do qual muito me orgulho pertencer!!! Sentir a sua amizade, valentia… e acima de tudo Quero Ser Forcado !!!
 
Desculpem ter a batata tanto tempo nas mãos, por isso vai com toda a força para meu grande amigo… Alberto!!!
 
Um grande abraço a todos…
 
César Novais
publicado por osmaioresdisparates às 21:45

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|