.mais sobre o GFACR

.pesquisar

 

.Setembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Batata Quente - Bernardo ...

. Corridas Com Cheiro a Sam...

. Batata Quente - Alberto C...

. Batata Quente -César Nova...

. Batata Quente - Bernardo ...

. Batata Quente - Luís Palh...

. Batata Quente - Tiago Rib...

. Batata Quente - Francisco...

. Batata Quente - Francisco...

. Batata Quente - Guilherme...

.arquivos

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Novembro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds

Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2008

Batata Quente - Xavier Ovídio

Caros/as amigos/as, aficcionados/as:
 
Começo por pedir desculpa pelo atraso da batata mas por desculpas pessoais (desculpas pois não há razão/justificação possível) não me foi possível escrever mais cedo.
  
Desde já agradeço ao Pedro “tamagochi” a oportunidade de voltar a escrever no nosso magnífico blog, não percebi bem foi os “tchan tchans”, (deve ser uma nova opção nos “Tamagochis”, agora com o avanço da tecnologia já há de tudo!).
 
Já passou mais de um ano desde a minha primeira batata, (com muitas aventuras e desventuras, muitas corridas, muitos convívios, jantares e noitadas de Grupo pelo meio), o que torna difícil, por já ter passado tão bons momentos, tantas alegrias e emoções no meio disto tudo, escrever para um blog sem me estender ou perder no meio das palavras (seria mais fácil descrever com umas pinceladas numa tela…)!
 
Começo por pegar nalgumas ideias dos “mais novos” (Mário, Pedro Santos…), especialmente a este pormenor - “mais novos”- pois já fui realmente o mais novo no Grupo, e entrei num ano em que a diferença de idade entre mim e o segundo mais novo era bem mais acentuada do que entre os novos actuais, que são muito mais, o que é bastante positivo para o nosso Grupo e para o nosso Cabinho Óscar, (que terá neste ano oportunidade de dar oportunidades a esta “nova geração” de Forcados do Grupo das Caldas), e acho que é a altura para crescer, de dar um passo em frente, o que só é possível com muita dedicação, esforço e vontade, sem a qual nada se consegue!
 
Felizmente tive o prazer de me estrear a pegar à cara pelos Amadores, o que me permitiu ponderar melhor sobre a minha posição enquanto forcado, pois senti que estava numa fase de transição entre a amizade, treinos e noitadas e o vestir a jaqueta do Grupo das Caldas, o que é duma importância enorme e de uma honra indescritível, que é bastante positivo até para o crescimento pessoal dentro e fora deste “mundo”; senti-me com uma maturidade que não tinha até então. Tive que “crescer” mais depressa, senti verdadeiramente na pele a alegria de poder pegar com os meus amigos.
 
Esta temporada foi para mim muito especial, na qual pude enfrentar de caras mais quatro toiros, já com o nosso actual Cabo Nuno Vinhais, o que me deu bastante confiança e mais vontade de pegar, vontade de evoluir enquanto forcado e pessoa, pois advém desta actividade uma responsabilidade muito grande e a dedicação exigida para que tal possa ser possível faz-nos tomar opções na vida, as quais estão directamente ligadas aos nossos sentimentos e ambições.
  
Gostava de referir a importância dos “padrinhos” dentro do Grupo, os quais, como qualquer outro membro, nos apoiam naquilo que precisamos, nas nossas dificuldades e necessidades. Mas acho que os padrinhos têm uma importância especial. No meu caso, (não pondo nenhum outro elemento de parte), afeiçoei-me bastante ao meu, “Marquinho” da Amorêra (Amoreira assim mesmo, sem “i” hehe), que me transmitiu logo desde o início os Nossos valores e que, entre conversas - e copos - á mistura (como não podia deixar de ser, não fosse ele o Marco da Amoreira) principalmente a parte que já referi das opções. Quando por vezes somos confrontados com problemas da vida que nos fazem reflectir sobre inúmeras questões, entre elas o Grupo (pois a certa altura já não organizamos a nossa vida pondo-o de parte), os laços de Amizade que aqui criamos e ainda o gosto que temos em pegar toiros faz-nos abstrair um pouco deste tipo de problemas e, por vezes, compará-los com a dificuldade de enfrentar um toiro, e então aí sentimos o espírito de Grupo e um braço de um amigo que estará lá sempre para nos apoiar. Em vez de “fugir” ao Grupo, um forcado deve procurar este braço amigo e confrontá-lo com as suas dificuldades para poder resolvê-las da melhor maneira.
 
Esta época é a do Nosso 15º aniversário, com certeza estaremos todos rijos para pegar e fazer uma brilhante temporada!! Saudades do cheirinho dos toiros temos todos, vamos a eles!!
 
 
Muito mais coisas teria para transmitir mas, agora voltando ao início, neste pouco tempo que tenho de Grupo já vivi tanto que estaria dias agarrado ao computador para o fazer.
 
Dado o atraso desta batata, como manda a regra, levarei duas garrafas de uísque para uma jantarada do Grande Grupo das Caldas!!!
 
Finalmente, a passagem da batata, (ou b-b-batata hehe), esta vai para…
 
…(e a noite da Nazaré!?)…
 
 
… um tal de Baiano ou Italiano, mais conhecido por António Galiano, agarra-te e vê lá, não g-g-gagueijes!!
Xavier Ovidio
publicado por osmaioresdisparates às 23:05

link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De ACN a 20 de Fevereiro de 2008 às 09:30
Muito bem Xavier...um grande sentido de grupo e de amizade...Em relação ao teu padrinho, acredito que haja muitos amigos nossos que tenham esse sentimento!!!

Já não te safas às garrafas!!!!
abraço
De Adriana Coutinho a 20 de Fevereiro de 2008 às 11:26
Olá a todos!... O tempo tem sido meu inimigo no q concerne a poder ler c atenção os vossos textos, mas fiquei mto contente qdo percebi q o vosso blog tinha voltado ao activo! Sem qq comparação, queria aproveitar p vos fazer uma pequena homenagem presente num texto q escrevi já há algum tempo no meu blog... A tds convido fazerem uma breve passagem e q continuem a ser motivo de inspiração p aqueles q passam (e ficam) na vossa vida!... Beijo grande e abraço da q mto vos considera... Adriana
http://acama.blogspot.com/2007/08/heartpillowgapraanoparatodos.html

Comentar post