.mais sobre o GFACR

.pesquisar

 

.Setembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Batata Quente - Bernardo ...

. Corridas Com Cheiro a Sam...

. Batata Quente - Alberto C...

. Batata Quente -César Nova...

. Batata Quente - Bernardo ...

. Batata Quente - Luís Palh...

. Batata Quente - Tiago Rib...

. Batata Quente - Francisco...

. Batata Quente - Francisco...

. Batata Quente - Guilherme...

.arquivos

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Novembro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds

Segunda-feira, 4 de Agosto de 2008

Batata Quente - Ricardo Rodrigues

 

Rapaziada,
 
Começo por dizer que não há desculpas pelo meu atraso na publicação da batata quente e, como tal, tenho de me chegar à frente e “mai nada”!
 
Agradeço a passagem de testemunho e as ultimas palavras do Roquete.
E aproveito estas suas palavras para dar a minha opinião sobre o assunto.
 
O Roquete acaba o texto dele a dizer que sou um grande forcado e um elemento fundamental. E eu respondo-lhe dizendo-lhe que sou um forcado igual aos outros que fazem parte do nosso Grupo, e explico porquê:
 
Acho que, se tivermos a entrega e dedicação necessária, se formos correctos, honestos e sinceros, e batalharmos todos para o mesmo lado, então, grandes forcados e elementos fundamentais somos todos:
 
- Todos os mais novos que estão a aprender e a assimilar os nossos ideais para serem o futuro do grupo.
- Todos os que estão no activo, com ganas para resolver tudo o que mexe e ensinam os mais novos a adaptarem-se às novas exigências.
- Todos os mais antigos, os que formaram o Grupo, os que sofreram e se sacrificaram para hoje verem o grupo a crescer à sua imagem.
 
Mudando de assunto quero dizer-vos que este misto de elementos experientes com elementos novos mas com sentido de responsabilidade, aliado ao regresso de outros (por ex. Salvador e Paulino) e a cereja no topo do bolo, o regresso do grande Manu, deixa-me com a certeza de que o nosso grupo está com um ânimo e com uma vontade brutal para encarar as corridas que aí vêm.
 
Porque um grande grupo é feito por grandes forcados, viva o nosso G.F.A.C.R.
 
Gostava de enviar um abraço especial ao Jota. Ele disse-nos que tem orgulho e prazer em pertencer ao nosso Grupo e eu digo-lhe que o sentimento é totalmente recíproco. É nestas ocasiões que nos temos de apoiar uns nos outros.
 
Abraço
 
Ricardo Rodrigues
 
PS: Faço das palavras de quem elogiou o trabalho do grupo de gestão da Tertúlia as minhas palavras.
Esta dedicação e entrega só resultam devido à grande paixão que têm pela causa (leia-se SAGRES).
 
 
Passo a batata ao meu amigo e companheiro de trincheira António Neto! (Olha que este vem enorme!!!)

 

 

publicado por osmaioresdisparates às 21:59

link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De ACN a 5 de Agosto de 2008 às 14:37
Estava dificil!!! eheheh
Belo texto...até Sexta!!!
De CID a 6 de Agosto de 2008 às 04:20
Grande Ricardo. Mto bem dito.
O bom de ser do Grupo das Caldas é que só o é quem entende exactamente o nosso espírito. Quem não entende automaticamente se afasta e desaparece. Daí a atitude do Manu e mtas outras que temos visto acontecerem no nosso Grupo. São enormes essas atitudes e decisões, só iguais aos forcados que as fazem, que fazem o nosso Grupo!!! Sorte minha fazer parte dele.
Grande abraço a todos

De Óscar Carvalho a 6 de Agosto de 2008 às 19:16
Bom texto, curto mas bastante objectivo, agora venham as garrafas. Um abraço e vamos esperar pelo transmontano

Comentar post