.mais sobre o GFACR

.pesquisar

 

.Setembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Batata Quente - Bernardo ...

. Corridas Com Cheiro a Sam...

. Batata Quente - Alberto C...

. Batata Quente -César Nova...

. Batata Quente - Bernardo ...

. Batata Quente - Luís Palh...

. Batata Quente - Tiago Rib...

. Batata Quente - Francisco...

. Batata Quente - Francisco...

. Batata Quente - Guilherme...

.arquivos

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Novembro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds

Segunda-feira, 24 de Agosto de 2009

Corridas Com Cheiro a Samba

Meus amigos... minha família... antes de mais nada queria pedir desculpas pelo atraso da minha batata, mas sinceramente não tenho tido criatividade para escrever tudo aquilo que me apetece. Irónico, mas verdade, já que é a criatividade que uso para ganhar a vida, mas aqui vai.

Já passou quase um ano e meio desde que decidi mudar a minha vida para São Paulo. Um ano e meio que passou a correr mas ao mesmo tempo muito devagar. Aconteceu tanta coisa que nem sei bem por onde começar. Para quem não sabe, estou a fazer uma pós-graduação em publicidade à noite e durante o dia, tento trabalhar o máximo possível para pagar o curso e tentar ter a vida digna que mereço.... ou não!!!

E é sobre essa vidazinha que vou tentar por-vos um bocadinho a par, já que as notícias têm sido escassas. São Paulo é uma cidade de 11 milhões de pessoas (a "pequena" SP, pq a "grande", conta com cerca de 23 milhões) onde tudo acontece a uma velocidade abismal e onde cada dia é vivido com uma intensidade brutal. É mais ou menos um dia de corrida, todos os dias. Todos os dias acordo de manhã, com um friozinho na barriga e penso como será que ele vai acabar: se como um grande triunfo, se como uma corrida "menos conseguida". Isto porque todos os dias tenho de conseguir trabalhar, num país onde não tenho os  meus contactos, as minhas pessoas, as minhas vivências.

Arranjar "corridas" aqui não é fácil, mas graças a Deus as coisas têm corrido bem e melhor que isso tenho tido algumas noites de glória que coroam o esforço, qual dia de corrida. A teoria é sempre a mesma: templar, carregar e recuar, p tirar a "maldade" do oponente. A brasileirada é assim... vão na arte do engano, mas vão.

Mtas coisas boas têm acontecido por aqui. A possibilidade de conviver com uma cultura completamente diferente da nossa tem sido uma experiência brutal, que me tem surpreendido. Vim para o Brasil com a ideia de que  eram um povo superficial. Em tudo. Nas relações profissionais, pessoais e até amorosas. Isto porquê? Porque sempre achei e continuo a achar que sou convidado para festas um minuto depois de conhecer o dono da mesma, que eram tudo facilidades para conhecer os melhores publicitários do mercado, porque toda a gente diz conhecer toda a gente e até levar a jantar a gata das gatas. Tudo verdade, mas falta alguma essência nas relações. E aí falo da amizade, palavra que todos sentimos com mta força no nosso Grupo. Pensei que todas as amizades aqui seriam superficiais e aí tive a surpresa de ter conhecido pessoas que sei que serão minhas amigas por muitos anos. Pois é... por muitos anos e não para a vida toda, como eu sei que é no GFACR. Tenho mais amigos que certamente me acompanharão a vida toda, mas o GFACR é a minha família e isso é para sempre.

Com isso não queria deixar aqui de fazer referência a datas muito importantes que não tenho conseguido acompanhar de perto. O casamento de Mê Óscar, à mais tempo mas não menos importantes, os casórios do Sal e do Dani e as gravidezes do Natas, Mendoça e já do Sal e espero não me esquecer de mais nenhuma. Tenho pena de não acompanhar esses dias tão importantes, mas havemos de compensar isso tudo com corridas, dias (mto bem) passados em casa do gordo Egrejas e etc.

Convites... tou farto de dizer que me venham visitar... aqui não há praia, mas também, quem é que precisa de se molhar por fora, se se pode molhar por dentro. Jone.... seu bandido da meia noite... põe-te clandestino num cargueiro qualquer, que eu vou-te buscar ao porto de Santos....

Quem quiser saber mais pormenores... lá está... venha-me visitar ou mande um mail com perguntas concretas que eu não tenho problemas em responder... aqui no blog é que não pode ser. Vou montar a crónica "O consultório do Dr. CID" AHAH AHAHAHAHHA!!!!!

Esta batata já vai longa.... por isso vou passá-la para um grande forcado que pode ser bem interessante de se ler, mas que tem muita mau feitio, o Bernardo "NINJA" Alonso.

Grande abraço a todos, espero estar com vocês em Setembro!!!


CID

publicado por osmaioresdisparates às 22:09

link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Óscar Carvalho a 31 de Agosto de 2009 às 15:20
Gande Cid, ainda bem que esta fase da tua vida tem corrido de feição, pelo amigo que és, a pessoa e o forcado mereces que esta experiencia seja enriquecedora. A atitude que estas a ter perante as dificuldades que encontras no dia a dia é a mesma que tinhas e tens quando em praça apareciam as complicações e não se via o minimo de hesitação em ti para superar esses problemas.
Um grande abraço e até Setembro.
De Guilherme C.Neto a 2 de Setembro de 2009 às 22:54
Grande El Cid adorei ler as tuas palavras, estou com umas saudades enormes daqueles pequenos momentos q passamos juntos no nosso tao grande grupo, um grande abraço e quando voltares a Portugal da uma apitadela!!!!

Comentar post