.mais sobre o GFACR

.pesquisar

 

.Setembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Batata Quente - Bernardo ...

. Corridas Com Cheiro a Sam...

. Batata Quente - Alberto C...

. Batata Quente -César Nova...

. Batata Quente - Bernardo ...

. Batata Quente - Luís Palh...

. Batata Quente - Tiago Rib...

. Batata Quente - Francisco...

. Batata Quente - Francisco...

. Batata Quente - Guilherme...

.arquivos

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Novembro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds

Quinta-feira, 5 de Janeiro de 2006

Batata Quente - Pedro Carvalho

Caros Amigos e leitores,


É com muito prazer que recebo este atrasado “presente de Natal” (a batata quente) vinda do Marco. Desde já vos quero revelar, que sou um padrinho extremamente orgulhoso do meu afilhado.


Visto ter a honra de ser o primeiro “batateiro” de 2006, aproveito para desejar o todos, Amigos e leitores, um excepcional 2006.


É, sem dúvida alguma, um privilégio para mim, fazer parte do Grupo de Forcados Amadores de Caldas da Rainha. Um grupo de Verdadeiros Amigos que, tanto nos bons como nos maus momentos fazem questão de estar sempre presentes (unidos), e que por acaso pegam (muito bem) Toiros.


É muitas vezes nos momentos menos bons das nossas vidas que temos a noção da enorme importância que os Verdadeiros Amigos realmente têm.


O mais complicado não é o cair, mas sim o levantarmo-nos depois da queda.


A todos, os que me ajudaram de uma forma ou de outra, a tornar a minha recuperação mais fácil, o meu muito obrigado.


Janeiro simboliza o início de um novo ano, esta é a altura do defeso, em que todos nós já estamos completamente saturados deste enorme jejum de Toiros. O calendário dos primeiros treinos e ferras já foi (e bem) anunciado pelo nosso Cabo. O “bichinho” que existe dentro de cada um de nós começa a dar sinal que está farto de estar quieto. As datas velozmente vão-se aproximando e damos por nós (em vários momentos do dia) a imaginarmo-nos à frente da primeira vaca da temporada ou mesmo do primeiro Toiro de verão… Quem em 2006 ainda não pensou nisto??? (Ninguém de certeza)


Simultaneamente, o pensamento fica recheado com memórias de corridas anteriores, essas grandes tardes e noites de toiros que o G.F.A.C.R. tem proporcionado ao conhecedor aficionado, e que a nós, forcados, nos enche a alma com sentimentos quase impossíveis de descrever. Não querendo ser pouco humilde ou de alguma forma presunçoso, tenho a certeza que o G.F.A.C.R. é o melhor de todos os grupos.


A época passada foi muito bruta para todo o grupo, o que obrigou a todos aqueles que, no princípio da mesma, não estavam à espera de se vir a fardar, ou não com tanta frequência, darem o seu valoroso contributo sempre que o Francisco os solicitou. Ao mesmo tempo fomos presenteados, numa altura bastante complicada para o grupo, com um acto de uma enorme coragem, da parte do Frederico (ao voltar a fardar-se), só explicado pela Verdadeira Amizade, o principal combustível deste Grupo. Tudo isto vai provocar uma saudável competição, entre todos os elementos activos do grupo, na futura época de treinos. Com os “velhotes” a quererem segurar o seu lugar “cativo”, contrastando com os “putos” ávidos em conquistar o seu lugar na trincheira. (Assim espero que aconteça)


Costuma dizer-se que “há males que vêm por bem”. Ao analisarmos mais pormenorizadamente a actual situação do grupo em termos de “matéria prima”, deparamo-nos com um conjunto de elementos bastante mais maduros e principalmente, bem mais seguros das suas potencialidades dentro de praça, o que nos faz antever uma temporada recheada de êxitos e alegrias.


2006 é também o virar de uma página para o G.F.A.C.R., uma nova etapa se vai iniciar com a mudança de Cabo. Não me querendo alargar muito sobre este assunto, porque penso não ser a altura ideal para o fazer, é me inevitável não escrever umas palavras.


Acredito que a boa continuidade do Grupo está perfeitamente assegurada quando o Francisco, no próximo 15 de Agosto, dia em que festejamos o nosso 13º aniversário, passar o testemunho para o Vinhais. Como escreveu o Vinhais, e muito bem, no seu post, “a perfeição não existe” Homens perfeitos muito menos, mas acredito que trabalhando em conjunto, com o esforço de todos, aliado à dedicação de cada um, e sempre com o sentido de grupo bem presente, caminharemos, em direcção da melhoria, sempre em busca da dita perfeição, dentro e fora de praça, orgulhosos da nossa Jaqueta!!!    (Pedindo à sorte que este ano nos acompanhe)      


O passe da “Batata Quente”


Como estamos “numa onda” de afilhados passarem aos padrinhos, é com muito gosto que ponho o Pedro Garcia a dar à caneta durante a próxima semana.


Os desejos de um ano com tudo do melhor.


A todos, Aquele Abraço


Pelo G.F.A.C.R. venha vinho…


Pedro Carvalho

publicado por cid às 19:17

link do post | comentar | favorito
|
9 comentários:
De Carlos Sequeira a 12 de Janeiro de 2006 às 13:59
Grande Pedro, conforme já o fiz pessoalmente, quero agora fazê-lo neste espaço - Parabens pelo teu texto - que é demonstrativo do teu sentimento de grupo. Obrigado por tudo e um grande abraço.
De Nuno Morgado a 10 de Janeiro de 2006 às 19:55
Grande Pedro,

Quero realçar a importância da forma como entendes e sentes o nosso Grupo. Dada a tua experiência de Grupo, a tua disponibilidade e regular presença, tens também uma importante missão de transmitir o sentido de Grupo aos mais novos, a qual sabemos bem que cumpres eficientemente. Estamos-te gratos por isso e por toda a tua contribuição, assim como da tua família (a qual é incansável e uma mais valia extraordinária na vida do Grupo) para o colectivo que somos hoje.
Um grande abraço,

Nuno Morgado
De Daniel Pedro a 10 de Janeiro de 2006 às 10:40
Grande Carvalho, escreveste um belo texto cheio de sentimento e verdade! Espero que estejas recuperado a 1000% porque este grupo precisa de ti e da tua maneira de sentir o grupo! Grande abraço
De Bernardo Alonso a 9 de Janeiro de 2006 às 12:49
Grande Pedro Diamante, belo texto.. Gostei mesmo! Espero que estejas a 100% agora nos treinos, pois o Gfacr precisa de ti... Agora venham toiros e bomba e lenha. agraço
De Marco Cruz a 7 de Janeiro de 2006 às 14:13
Padrinho é com muito gosto e contentamento que leio as tuas palavreas,é sinal que estás a 100% e podes contribuir com tudo aquilo que podes dar ao nosso Grupo.
Espero que todos se preparem bem para a proxima época e estejamos VALENTES como sempre estivemos.
Um grande abraço para todos e Feliz Ano Novo.
E pelo G.F.A.C.R. Venha... Tudo o que nós desejarmos para o Grupo.
De Nuno Vinhais a 6 de Janeiro de 2006 às 17:19
Grande Carvalho,ó teu texto é a prova de que um DIAMANTE depois de lapidado torna-se algo de muito valor!!
É muito bom ouvir essa vontade de começar a nova temporada. Tenho a certeza de que todos sem excepção partilham dessa vontade. Que a sorte nos acompanhe... Grande abraço
De Ana a 6 de Janeiro de 2006 às 16:26
Quero desde já e na minha opinião pessoal, enaltecer a forma clara e "simpática" como escreveu a 1ª batata quente de 2006. Enquanto aficionada, gostaria de desejar a todos os elementos do G.F.A.C.R. um Bom Ano, esperando que na época que já se vai aproximando a passos largos , consigam presentear com as melhores pegas, todos os aficionados e " seguidores" do grupo. Para terminar , e quase que em termo de confidência vou deixar o lema que me acompanha nas situações mais complicadas " Os problemas, tal como os Toiros, pegam-se de frente".
De Francisco Calado a 6 de Janeiro de 2006 às 12:07
Bem Carvalho, é concerteza uma ideia que já anda na cabeça de muitas pessoas, esta do inicío da nova época. A forma como escreveste mostra bem essa vontade, e temos a certeza que esta vai ser uma época com menos lesões, pois todos nós nos temos empenhado bastante tanto a nível de preparação física como psicologicamente numa excelente temporada para todos. Um abraço
De scar Carvalho a 6 de Janeiro de 2006 às 09:27
Grande Carvalho, gostei muito do teu texto, está um texto muito objectivo. E é verdade, já cheira aos primeiros treinos. Um abraço e espero que este ano te traga a sorte que o ano passado não trouxe a ti e a todos nós.

Comentar post